Descubra Receitas de Natal

Cesta básica funcional

Informações da notícia

A Nutrição Funcional atua com um novo conceito de vida, em que saúde beleza, longevidade, equilíbrio emocional, equilíbrio hormonal e o prazer são diagnosticados e aplicados por meio de um programa sob medida, de acordo com a realidade do paciente. A Nutrição Funcional prega uma dieta personalizada, conforme as necessidades e o metabolismo de cada um. O resultado é uma vida mais longa, com melhor qualidade de vida e prevenção de doenças.

Dentro deste conceito a cesta básica funcional contém alimentos que respeitam a individualidade bioquímica de cada pessoa, pois assim como um alimento pode ser remédio para um indivíduo, pode ser um veneno para o outro. Por isso, é importante procurar a orientação de um especialista, para saber quais alimentos são bons para cada pessoa e se seu corpo poderá aproveitar todos os nutrientes oferecidos.
E afinal o que são os alimentos funcionais? São alimentos semelhantes em aparência aos alimentos convencionais, consumidos como parte da dieta, que além de satisfazer os requerimentos nutricionais, trazem benefícios à saúde, à capacidade física e ao estado mental.

O objetivo da Nutrição Funcional é analisar como o nosso organismo interage com os alimentos e como funciona a nutrição das nossas células. Somos compostos de trilhões de células e a nutrição destas determina o funcionamento de todo o organismo, pois os nutrientes presentes nos alimentos são matérias-primas para a formação e manutenção das células. Para isso é necessário saber da importância que o alimento e o processo alimentar exercem no organismo. Os nutrientes atuam em conjunto, conseqüentemente, a falta de um nutriente essencial pode alterar o equilíbrio de todo o metabolismo.
As cestas básicas usuais contêm alimentos considerados saudáveis para todas as pessoas, porém ainda é possível otimizar esta cesta com os alimentos funcionais que além de alimentar, vão fornecer mais fibras, proteínas, vitaminas e nutrientes em alimentos que talvez não seja de nosso costume diário ingerir, mas que juntos ajudam nosso organismo a funcionar melhor, e por conseqüência, nós mesmos.
Veja na tabela abaixo o exemplo de como é uma cesta básica hoje, como seria uma cesta básica funcional, e quais os benefícios de ingerir cada novo alimento apresentado.

Cesta Básica Convencional:

Arroz – tipo 2
Feijão Carioquinha
Açúcar Refinado
Café em Pó Papel Laminado
Farinha de Trigo
Farinha de Mandioca Torrada
Batata
Cebola
Alho
Ovos Brancos
Margarina
Extrato de Tomate
Óleo de Soja
Leite em Pó Integral
Macarrão c/ Ovos
Biscoito Maisena
Frango Resfriado Inteiro
Queijo Muzzarela

Cesta Básica Funcional:

Arroz integral
Feijão preto carioquinha
Frutose ou Mel
Chá verde
Farinha de trigo integral
Farinha de arroz integral
Inhame
Cebola orgânica
Alho orgânico
Ovos caipiras orgânicos
Azeite extra virgem
Tomate Fresco Orgânico
Óleo de canola
Leite de soja
Macarrão integral
Biscoito integral
Frango sem hormônio
Queijo Tofu

Benefícios dos Alimentos Funcionais:

Orizanol, complexo B, fibras, metionina
Fibras, rico em lisisna
índice glicêmico
Catequinas, antioxidante
Fibras, complexo B
Orizanol, fibras
agrotóxicos,
Gordura monoinsaturadas
Licopeno
Melhores proporções do ômega 6:
Isoflavonas, Fibras, complexo B
Fibras, complexo B
Hormônios
Antibióticos

Existem alguns alimentos que não estão na cesta básica, mas vale a pena mencioná-los como muito importantes para o funcionamento do organismo. São eles: vegetais verde-escuras ricas em magnésio diminuem a irritabilidade e a vontade de comer doces Ex: brócolis, couve, espinafre.

Frutas: Kiwi, acerola, laranja ricas em Vitamina C que aumentam absorção de ferro. Mamão rico em Vitamina A que diminui as tensões.
Carnes Magras: Dar preferência ao Frango e a peixes como Atum e Salmão ricos em vitamina E que aliviam o estresse.

Cereais integrais: Ricos em magnésio e vitaminas do complexo B como vitamina B6, que quando juntos (MG + B6) minimizam o aumento do hormônio aldosterona e aumentam dopamina que leva à um efeito “diurético”. Ex: arroz integral, Quínua real, Aveia.
Em sua próxima compra, pense em fazer uma visita funcional ao mercado, você vai descobrir novos alimentos, sabores, texturas e cheiros, e ainda, ter uma vida mais saudável, o organismo funcionando e a mente tranqüila.

Dra. Daniela Jobst é nutricionista especialista em Nutrição Clínica Funcional e em Fisiologia do Exercício, pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). Membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, já fez diversos cursos de extensão e atualmente estuda Bioquímica do Metabolismo e atua na área de Nutrição Clínica Funcional.